top of page

we#publishBlog

Algum destes e de muitos outros conteúdos escritos pelo time, pode ser um bom ponto de partida para suas necessidades.
Boa leitura! 

  • Foto do escritorContent House

Site mobile ou aplicativo? Saiba qual é o melhor para o seu negócio

Atualizado: 8 de mai. de 2023

É visível o crescimento do mercado digital, principalmente quando o assunto envolve os dispositivos móveis.


É visível o crescimento do mercado digital, principalmente quando o assunto envolve os dispositivos móveis. De acordo com a PNAD C (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), 77,1 % da população brasileira acima de 10 anos de idade possui um smartphone. E, diante desse padrão de consumo, conhecer a diferença entre site mobile e aplicativo é cada vez mais significativo e relevante.

Está cada vez mais comum ver organizações, startups e pequenas e grandes empresas ampliando seus olhares para o mercado mobile. Seja na criação de aplicativos que oferecem serviços ou no desenvolvimento de sites responsivos.

Para o empreendedor que deseja faturar com esse tipo de mercado resta a dúvida: investir em um aplicativo ou desenvolver um site com interface voltada para smartphones e tablets?

Independentemente da escolha, o investidor precisa saber que as duas opções são bem-vindas para o seu negócio, mas cada uma a sua maneira. Entenda:


Quais as principais características de um site mobile?

Um site voltado para dispositivos móveis também é projetado para oferecer mobilidade e praticidade para quem acessa. O visual é desenvolvido especialmente para telas de tablets e smartphones, o que facilita a vida do usuário.

Quando um site é acessado por um celular, por exemplo, automaticamente o mecanismo de programação do mesmo detecta esse dispositivo. Geralmente, quando um site possui uma versão mobile, ao acessá-lo é comum que apareça um "m" antes do endereço URL.

Outro ponto que vale ser destacado é que sites com interface voltada apenas para desktop demoram muito mais para serem carregados em dispositivos móveis. Isso acontece porque os computadores possuem maior capacidade de processamento, diferente dos smartphones e tablets.

Esse fator pode implicar no tráfego do site ou, até mesmo, na perda de possíveis clientes. Portanto, investir em um site se tornou um dever para as empresas que pretendem alavancar os seus negócios no mundo digital.


Quais as vantagens de ter um site mobile?

Vale destacar que fazer um site móvel para o seu negócio é como criar um segundo site, além do principal. Portanto, layout, logo e toda a identidade visual devem ser feitas de acordo com o modelo mobile.

Isso facilita a vida do usuário que, mesmo com uma internet ruim, consegue acessar o conteúdo proposto sem maiores dificuldades.

Talvez um dos pontos negativos seja ter que investir um pouco mais para ter essa ferramenta disponível. Geralmente, é necessário contratar uma equipe de especialistas para realizar a manutenção e atualização das páginas.

O bacana é que muitas empresas do ramo oferecem esse tipo de serviço para os dois modelos de sites, o que faz com que o valor investido seja melhor aplicado.


O que é um aplicativo?

Diferente de um site, um aplicativo é um software desenvolvido com uma linguagem própria, a fim de oferecer algum tipo de conteúdo ou serviço. Ele fica disponibilizado para download nas lojas de aplicativos virtuais, como Google Play e App Store.

Dependendo da funcionalidade do app, ele pode interagir junto com outros recursos do smartphone ou tablet, como câmera e GPS.

Atualmente, existem aplicativos para tudo: viagens, delivery de comida, jogos e entretenimento, além disso, eles podem ser pagos ou gratuitos. Dependendo do tipo, também é possível realizar pagamentos dentro do próprio aplicativo, muito comum em jogos.


Quais as vantagens de ter um aplicativo?

Independentemente de quais sejam as necessidades do usuário, os aplicativos estão aí para atendê-las. Segundo a pesquisa Panorama, realizada em abril de 2017, 94% dos brasileiros já baixaram e instalaram algum tipo de aplicativo em seu smartphone. O estudo feito com 1.904 pessoas também mostra que, desse total, 46% já realizaram compras dentro de um app.

Consultar um aplicativo já instalado é muito mais fácil do que acessar um site mobile. O usuário só precisa dar um clique e tem à disposição todo o conteúdo do aplicativo desejado. No caso do site mobile, é preciso digitar o endereço na barra de pesquisa do navegador, esperar carregar e etc.

Em contrapartida, a mesma pesquisa constatou que, 47,9% dos respondentes já desinstalaram algum aplicativo do smartphone em um período de 24 h depois de baixá-lo.

No entanto, os aplicativos podem servir como uma ponte que melhora o relacionamento da empresa com o cliente. Isso cria um contato direto para que o consumidor tire possíveis dúvidas, acompanhe as novidades e, caso houver, reporte algum erro.


Qual a diferença entre site mobile e aplicativo?

Saber quais as diferenças entre um site mobile e um aplicativo é um passo importantíssimo para o empreendedor. A partir dessa premissa será possível traçar uma boa estratégia para atingir o público desejado dentro da plataforma digital.

Se a empresa for um site institucional, por exemplo, vale mais a pena possuir um site mobile do que necessariamente um aplicativo. Já no caso de um site de entretenimento ou blog, se faz necessário possuir um app com as novidades e recursos para manter o internauta mais próximo.

A questão principal consiste em estudar o público-alvo, descobrir quais são as necessidades e, a partir daí, desenvolver o que vai melhor atendê-lo.


Site mobile ou aplicativo, qual escolher para o seu negócio?

Para quem deseja alavancar os negócios, possuir os dois é uma boa escolha. Tendo em vista que será necessário investir um pouco mais que o comum, possuir as duas ferramentas disponíveis e fazer com que elas caminhem em harmonia é uma estratégia excelente.

Grandes empresas costumam ter as duas soluções, pois existem usuários que não gostam de baixar aplicativo. Nesse sentido, o site mobile é a melhor escolha. Ele funciona diretamente no navegador do celular e não exige instalação, sendo mais cômodo para o usuário.

Outros usuários sentem a necessidade ter um software instalado em seu smartphone. Além disso, a taxa de conversão de vendas devido à usabilidade e desempenho de um aplicativo é maior. Portanto, dependendo do objetivo de uma empresa, um único app será eficaz.

Em resumo, os aplicativos têm o poder de fidelização dos clientes que baixam e instalam a ferramenta, podendo ser sempre visualizada no smartphone. Mas ter um site mobile é saber que esses mesmos clientes vão visitá-lo, gerando um grande engajamento por meio das duas plataformas.

Com a clareza da diferença entre site mobile e aplicativo, cabe ao gestor identificar as principais demandas específicas e aplicar a melhor solução. Para encontrar as melhores opções, entre em contato conosco e entenda mais sobre o mundo mobile e dos apps!


82 visualizações0 comentário

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page